Mauá, 23 de junho de 2017
Boa Noite

Atendimento
11 4309.0400
Fale Conosco   Associe-se

SCPCOnline
.
.
Você está em > Aciam > Notícias > Obras no Hospital Nardini seguem sem data de entrega
Obras no Hospital Nardini seguem sem data de entrega
Obras no Hospital Nardini seguem sem data de entrega
Obras no Hospital Nardini seguem sem data de entrega

Referência no atendimento hospitalar para Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, o que compreende cerca de 600 mil habitantes, o Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini tem nova diretoria. O ex-secretário de Saúde de Ribeirão Pires e Paulínia Ricardo Carajeleascow foi empossado diretor da unidade, que coleciona problemas. Entre os principais desafios da nova gestão estão a conclusão das obras atrasadas do PS (Pronto-Socorro) e da maternidade, ambas iniciadas em meados de 2015 e previstas para serem entregues em junho do ano passado.
Em vistoria realizada no equipamento de Saúde no início de janeiro, o prefeito Atila Jacomussi (PSB) destacou que pretendia entregar o PS até junho, informação que não foi confirmada pela administração ontem. A equipe do Diário solicitou entrevista com o diretor do Nardini, no entanto, foi informada que a conversa só será viável daqui algumas semanas.
A promessa do então prefeito Donisete Braga (PT) era de que a reforma do PS seria entregue até 31 de dezembro, o que não se concretizou apesar do pagamento em dia mantido pela Prefeitura à Engecon ABC Construções e Empreendimentos, responsável pela obra. Até dezembro, dados do Portal da Transparência indicavam que todos os R$ 3,19 milhões cobrados por serviços executados tinham sido pagos à empresa.
Na época da vistoria, realizada em janeiro, Atila encaminhou ofício à construtora pedindo compromisso para entrega do equipamento em até seis meses. Não foi informado, entretanto, se houve acordo e se o cronograma será cumprido.
As intervenções no PS têm custo estimado de R$ 6,7 milhões, oriundos do governo do Estado. No local, são atendidas psiquiatria, ortopedia, cirurgia geral e ginecologia/obstetrícia (porta aberta), além de pediatria e clínica médica – casos graves (demanda referenciada da rede). A partir da readequação, o hospital passará a contar com Unidade de Internação de Retaguarda Clínica de Urgência, com 20 leitos. No total, o equipamento passará a ofertar 215 leitos, sendo dez de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).
Já as obras na maternidade estão sendo realizadas pela B&B Engenharia e Construções Ltda. A reforma também prevê novo centro obstétrico. O investimento total será de R$ 5,3 milhões do governo federal e contrapartida municipal de cerca de R$ 326 mil.
Conforme a administração, em 2016, a unidade realizou 4.818 atendimentos de emergência, 21 mil no ambulatório, 63,2 mil no pronto-socorro, 11,2 mil internações, 3.531 cirurgias, 1.918 partos e 481 mil exames.
Por meio de nota, a Prefeitura destacou que está empenhada em finalizar a reforma do equipamento de Saúde “o mais rapidamente possível” para melhorar a qualidade dos serviços, no entanto, sem especificar prazos.


Assunto: Últimas Notícias






Voltar   Imprimir   Topo   Página Inicial   Fale Conosco
 
ACIAM
Associação Comercial e Industrial de Mauá
Todos os Direitos Reservados - 2017

Central de Atendimento
(11) 4309-0400
Fale Conosco
 
Nossa Localização
Rua Guido Monteggia, nº 151
Centro - Mauá - SP
Mapa de Localização


Projeto desenvolvido
pela Agência de
Web & Design Globeweb
www.globeweb.com.br
Produzido por | globeweb | www.globeweb.com.br